O planejamento de marketing é um instrumento estratégico indispensável para analisar o mercado e identificar nele oportunidades, fraquezas e ameaças que possam direcionar as tomadas de decisão. Como resultado dessa análise, metas, objetivos e ações podem ser definidos a fim de fortalecer a marca e aproximar a empresa do seu público, atendendo às necessidades e aos desejos dos clientes.

Você sabe como fazer um planejamento de marketing eficiente, que de fato traga bons resultados? É sobre que isso que falaremos no post de hoje. Confira!

A importância de fazer um planejamento de marketing

Ao manter um plano bem definido, o time de marketing consegue compreender em que aspectos precisa focar seus esforços, aproveitando-se das fraquezas do mercado e potencializando os próprios pontos fortes da companhia. Especialmente em um cenário de crise econômica, o planejamento de marketing fortalece o negócio e aumenta o seu potencial competitivo.

Esse plano também leva em conta a concorrência, colaborando para que os produtos e serviços sejam mais bem alinhados às necessidades e aos desejos do público. Assim, ele se torna uma bússola que guia as decisões e as ações do negócio — desde a cadeia de suprimentos até o planejamento de investimentos.

No entanto, vale ressaltar que o plano de marketing não é uma ferramenta estática. Ele necessita de constantes atualizações. Afinal, o mercado passa por constantes evoluções e as estratégias do negócio precisam se ajustar a isso. Assim, é fundamental que o planejamento seja modificado conforme as necessidades atuais. Dessa forma, o planejamento será capaz de auxiliar os gestores a:

  • conhecer melhor o mercado em que está inserido;
  • tomar decisões sobre metas e estratégias;
  • definir campanhas de comunicação e divulgação;
  • determinar a localização de novos pontos de venda;
  • montar um plano de distribuição e logística;
  • precificar produtos e serviços;
  • alcançar a satisfação dos clientes.

Está convencido dos benefícios de montar um plano? Então, descubra como fazer um planejamento de marketing em 8 passos muito práticos!

Passo a passo de como fazer um planejamento de marketing

1. Analise a situação do marketing do negócio

O primeiro passo é conhecer o seu negócio. Qual é a missão da empresa? Por que ela foi aberta? Já existe algum plano de marketing em andamento? Em caso afirmativo, que resultados as ações geraram até agora? Se não, como foram feitas as campanhas até agora? Em que aspectos o negócio foi mais bem-sucedido?

Tente avaliar também quais são os pontos fortes do negócio, ou seja, os motivos pelos quais os seus clientes se sentem atraídos pelos seus produtos e serviços. Defina qual é o potencial de investimentos da empresa e o quanto de recursos ela poderá direcionar ao marketing.

2. Analise o mercado de atuação da empresa

É importante conhecer tudo o que pode influenciar o setor no qual a empresa atua. Isso envolve entender como funciona o produto ou serviço da empresa, como é a sua absorção no mercado e qual é o seu potencial.

Para melhor sistematizar essa análise, é importante compreender que o segmento pode ser dividido em macro ou micro ambiente. O macroambiente se refere a aspectos econômicos, culturais, demográficos, jurídicos e tecnológicos — ou seja, é bem amplo. Não está nas mãos dos gestores, mas influencia profundamente o negócio.

O microambiente, por sua vez, refere-se àqueles elementos que se relacionam diretamente ao negócio — como fornecedores, concorrentes e púbicos. Dessa forma, é importante compreender como cada um influencia na atuação na empresa. Assim, será possível buscar por tendências, nichos e oportunidades, além de definir ações em harmonia com esses resultados.

3. Defina novas metas e objetivos

Com base na situação e nos números atuais do seu negócio, determine o que você pretende atingir com a sua estratégia de marketing — seja claro e específico. Você deseja atrair mais visitantes e dar maior visibilidade online para a empresa? Quer aumentar as vendas ou fortalecer sua marca? Defina isso em números. Saber onde quer chegar é o primeiro passo para caminhar em direção ao sucesso!

4. Conheça seu público

Agora, é importante que a empresa foque em definir o perfil dos seus clientes. As estratégias de marketing não podem simplesmente realizar ações aleatórias. Se as campanhas forem ajustadas a um perfil mais específico, mais eficientes elas serão em atingir as necessidades dos clientes.

Uma das principais formas de definir um público é pela elaboração de personas — pessoas semifictícias que representam seu público-alvo. Com elas, você deixará de generalizar seu público e dará a ele um perfil específico, como se fosse um cliente ideal da empresa. Ao produzir conteúdos ou campanhas de divulgação, você poderá visualizar essas pessoas e criar materiais direcionados para elas. 

5. Escolha os melhores meios de comunicação

Você já conhece o potencial e os recursos da sua empresa, está por dentro do seu mercado de atuação e também está atento ao comportamento, às necessidades e aos desejos do seu público-alvo, certo? Agora você precisa determinar como alcançará essas pessoas e qual será o canal de comunicação usado.

Seus clientes em potencial transitam em um local específico? Então, por que não usar um folder, distribuir panfletos ou mesmo divulgar sua marca em um outdoor, em jornais, programas de rádios e de TV? 

Você tem uma loja virtual e seu público compra pela internet? Está na hora de abrir um blog, criar conteúdos utilizando estratégias de SEO para otimização de sites e divulgá-los nas redes sociais a fim de atrair tráfego ao seu site. Essa é uma estratégia indispensável!

6. Elabore um cronograma

Certamente, não há como fazer um planejamento de marketing sem definir um cronograma. Essa ferramenta contribuirá para que suas ações não se percam no tempo e você consiga acompanhar a execução das estratégias definidas.

Com ele, você dividirá suas ações em etapas e dará um prazo para cada uma delas — além de elencar quais ferramentas, investimentos, pessoas e esforços serão necessários para a conclusão de cada fase.

7. Coloque a mão na massa

Após tanto planejamento, é hora de pôr em prática tudo o que foi definido nos passos anteriores. As ações aqui são convertidas em táticas que devem ser gerenciadas de modo adequado, já que, muitas vezes, diversas delas ocorrem ao mesmo tempo. Por isso, essa parte mais concreta é a mais trabalhosa e exige harmonia entre todos os elementos do time.

8. Mensure os resultados

Será que suas estratégias deram certo? Por meio de indicadores de desempenho bem definidos, você será capaz de descobrir se sua campanha alcançou o resultado esperado. Entre as principais métricas utilizadas, podemos citar:

  • volume de tráfego no site;
  • volume de vendas;
  • ranqueamento do site/blog em motores de busca, como o Google;
  • tempo que o usuário gasta navegando no site;
  • número de conversões de visitantes do blog em leads;
  • qualificação de clientes em feedbacks.

Ao analisar os resultados, você verá os seus erros e acertos, contribuindo para que os devidos ajustes sejam feitos ao longo da companha e após o seu término. Além disso, ficará mais fácil calcular o ROI (Retorno Sobre Investimento), avaliando até que ponto uma estratégia vale a pena ou não.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre como fazer um planejamento de marketing, descubra como criar conteúdos, atrair um público qualificado e fortalecer sua marca lendo nosso post sobre o que é Marketing de Conteúdo!