Ter eficácia na gestão de estoque é uma meta de toda empresa que investe na otimização contínua dos resultados do negócio. Estoque é capital imobilizado que precisa ser preservado adequadamente até que haja sua reconversão em dinheiro, gerando lucro na transação de venda.

Preservar os estoques gera custos adicionais, tais como: infraestrutura (galpões, estantes, gôndolas, quiosques, etc.), pessoal (almoxarife e repositor) e embalagens. Por isso, a melhoria da gestão de estoque deve ser o centro das atenções, especialmente nos pequenos e médios comércios varejistas.

Fique atento para as nossas dicas de gestão de estoque e otimize os resultados na sua organização!

1. Implante um sistema integrado de gestão

Investir em um bom sistema integrado de gestão é fundamental para automatizar o registro das movimentações de compras e vendas e profissionalizar o controle de estoque, evitando retrabalhos e dando maior suporte à gestão do negócio. 

2. Crie processos para movimentações do estoque

A movimentação de estoque no varejo é muito dinâmica, mas precisa de um fluxo de informação satisfatório, suportado por documentação adequada, para garantir a rastreabilidade dos produtos. Devendo ter especial atenção ao registro de operações de troca e devolução de mercadorias para evitar desvios, perdas e descontroles de estoque. 

3. Realize inventários

Estabeleça uma frequência regular para a realização de inventário rotativo de estoque. Havendo a constatação de falta ou sobra de mercadorias, é sinal de que existe falha no fluxo de controle de estoque. Investigue onde está a falha e faça a sua correção.

4. Determine o estoque mínimo

É possível determinar com excelente margem de acerto o estoque mínimo a ser mantido de cada produto, tendo um bom software de gestão de estoque. Desta maneira, garante-se o volume adequado de vendas, sem ocorrências de desabastecimento. 

5. Otimize o ambiente da loja 

Disponibilize os produtos de maior rotatividade ou aqueles em promoção nas áreas quentes da loja. Enfeite a loja utilizando motivos relacionados às estações do ano e datas comemorativas. E utilize cartazes para chamar a atenção para os produtos que geram maior lucratividade.

Tudo isto ajuda a promover mais vendas e movimentar o estoque, evitando encalhes de mercadorias.  

6. Planeje a gestão de estoque

Conheça as sazonalidades, rastreie o prazo de vencimento e entenda o grau de obsolescência dos itens de estoque. Deste modo, dá para planejar as compras e as estratégias de promoção e marketing dos produtos para encurtar o prazo de giro de estoque.  

7. Selecione bons fornecedores 

Bons fornecedores estabelecem uma parceria com seu varejo, oferecendo custo-benefício adequado, realizando as entregas dentro do prazo e com a qualidade especificada. Assim, dá para manter níveis de estoque enxutos com a certeza de reposição em tempo hábil. 

As ações para otimização da gestão de estoque resultam na eliminação de perdas financeiras e materiais, no fluxo ininterrupto de vendas e no atendimento mais ágil dos clientes. Vale a pena colocar essas dicas em prática imediatamente!  

Como está a gestão de estoque na sua empresa? Deixe um comentário sobre as suas experiências.